passando a barba na sua nuca, você fica toda louca


“Já passou. Agora consigo acordar sem aquela sensação de que eu preciso te ver em alguma parte do meu dia, a falta de sms já não incomoda mais, as brincadeiras e as conversas já estão no passado e o amor que jurei ser eterno, se amenizou e se transformou apenas em algo que alguém sente por uma pessoa que apesar de não conhece-lá não deseja o seu mal. Sorrir sem você já não é mais um sacrifício, já consigo passar tranquilamente por um lugar onde já estivemos juntos sem que meu coração se apertasse, as noites de frio e as tardes tediosas nem são tão ruins assim e aquela minha blusa já nem tem mais o cheiro do seu perfume. Eu que um dia cheguei a imaginar nunca ser capaz de te esquecer, hoje escuto o seu nome e tenho que me esforçar ao máximo para me lembrar do tempo em que eu te conheci. Quando me perguntam “Mas por que vocês terminaram?” eu falo sobre o nosso fim como quem fala sobre o tempo. Você lembra não lembra? você foi o motivo do nosso amor acabar e quis por a culpa em mim, eu era tão inocente, já você… você era a malícia em pessoa. Eu tinha feito de tudo para voltarmos a ser o que éramos, para que nós pudéssemos conviver com nossos defeitos. Eu tentei consertar um vidro com uma cola barata, e claro, não tive sucesso. Assim foi nosso amor, um momento proporcionado pelo tempo e retirado com dor por você. Você dilacerou meu peito, e eu sofri por tanto tempo, até que aquele ditado que toda ferida se cura, se realizou, eu cicatrizei, meu bem, eu descobri que sei viver completamente bem sem você. Eu faço minhas caminhadas, sorrio, canto, danço, e até consigo gostar de outras pessoas, mas amar… ainda me restará tempo para que eu aprenda a sentir isso completamente, pois com você não foi amor, não um de verdade, com você foi apenas uma ilusão boa que eu me proporcionava todos os dias, só que aí a ficha caiu, o amor acabou, eu acabei, até que hoje, meu bem… não consigo sentir mais nada. Aquele fervor que eu senti em meu peito, aquele suspiros que me causavam na ponta do meu estômago já não sobre sai mais quando te olho. Eu realmente superei você e o seu maldito encanto foi quebrado. Não sei bem se era amor ou será uma obsessão minha, sei que você me enfeitiçou por completa, me fez pensar que os seus erros eram meus e que apenas eu podia conserta-los. Fui boba e apaixonada. Mas hoje tenho orgulho de dizer que você é meu passado cheio de aprendizado e, que um dia tenho fé que estarei no meu futuro desejado que você já não faz mais parte. Um futuro lindo, como eu sempre sonhei cheio de dificuldades, claro, mas irei superá-las como superei você, ah meu bem eu sou forte, tenho em mim as melhores ideias do mundo, que um dia irão vir a tona e o mundo vai conhece-las e eu serei muito feliz, pode apostar, a nossa história me abalou demais durante muito tempo achei que não conseguiria seguir em frente, mas agora tudo mudou, eu segui, e pode escrever: eu tô nessa vida pra vencer, seja qual for as barreiras! Ninguém pode me abalar, ou me destruir, pois a vontade de deixar tudo de ruim que já passei e ter um futuro brilhante pela frente é enorme, e eu sou revestida de esperança e confiança por todo a minha vida, e fé é o que não falta, hoje posso sorrir e dizer: estou pronta para a vida, e para o mundo!”
— Escrito por Kelly, Natasha, Marcela e Leticia B. em Julieta-s

“Às vezes tudo que a gente precisa é de um pouco de atenção, de cuidado. Você não entende isso? Tem que cuidar pra ser cuidado, tem que achar sua felicidade na felicidade do outro, é o famoso dar pra se receber. Então, me cuida que eu também te cuido. Mas do jeito que tá não dá, esse estrada de mão única tá acabando comigo, esse barco de um remo só tá me deixando cansada. Cadê aquelas coisas todas que você me prometeu? Onde foi parar o seu “Estarei sempre contigo?” Eu realmente preciso saber. Quero entender o que te colocou nesse vazio sem fim, nesse fim do poço que eu mesma não consigo mais te alcançar e muito menos te enxerga. Perdoe-me, mas não sou uma cartomante que consegue ler o está acontecendo dentro de você, sou uma mera mulher louca de amor, mas cega na realidade vivida. Já não sei mais se o que vejo é real ou se é pura ilusão dos meus pensamentos sombrios. Muitas vezes, prefiro acreditar que tudo que está passando com você é apenas loucura da minha consciência incabível, ou que é apenas uma fase que logo de manhã passará. Não consigo cair na real de pensar que você simplesmente largou suas promessas no chão e me deixou junto lá, como apenas um carrinho que você cansou de andar nele. Será mesmo que você não me quer mais em seus braços? Será mesmo que você me amou de verdade? Ou foi apenas ilusão do meu coração apaixonado? Será que o problema sou eu? O que fiz que te fez mudar de ideia, sobre todas as nossas coisas? Está confuso de entender toda essa reviravolta do nosso futuro, tínhamos tantos planos, não é possível que simplesmente você tenha tido um lapso e tomado a decisão de me deixar num canto, esquecida, e simplesmente sem entender nada. Não está dando para entender, foi você quem sempre me encorajou a amar sem medidas, foi você quem me conquistou, e lutou para isso; porém parece que tudo não passou de uma loucura da minha cabeça. Eu te pedi pra cuidar do meu coração e tu me falou com tanta convicção que não iria e… Olha agora. Olha isso. Só pode ser problema meu, só pode ser eu que estrago tudo, pois tu não pode ter mentido tanto, tu não pode ter me iludido tão profundamente. Pois aquelas promessas, eram coisas sérias. Agora tu simplesmente se foi sem ao menos vim explicar um porque, ou simplesmente dar um adeus? Você não pode parar um minuto pra pensar em mim? Eu sinto, você sabia? Eu amo você de uma forma inigualável e tu simplesmente não da valor. Eu não sei se devo lhe esperar, só sei dizer que nossas lembranças estão guardadas no meu tempo. Não se esqueça que um dia, viveu um amor.”
— Escrito por Gabriele, MarcelaPaula e Isadora em Julieta-s.

“Cheguei numa fase que nem o vento sopra a meu favor. As pessoas pro quem me importo simplesmente dizem que meus dramas são fúteis, que minhas necessidades são baratas, que se eu continuar travando batalhas contra mim mesma eu irei sucumbir. Poxa, como é simples dizer essas palavras encorajadoras “Não ligue, tudo vai passar.”. Tudo vai passar e me levar junto, me arrancar de mim mesma. Isso é tudo que gostaria de ouvir. Aliás, gostaria de acreditar nessas palavras. Depois de tantas desventuras, alguns consolos perdem o sentido. Um abraço ou um café em boa companhia, entretanto, é sempre bem vindo. Não sou exatamente uma boa pessoa. Alguém que não merece as desavenças da vida, eu mereço. O que não acredito é que precise enfrentar tudo sozinha. Será que alguém pode se dar ao luxo de ajudar? E não simplesmente dizer ”Vai ficar tudo bem”, se vai ficar ou não , você não é Deus para saber, e se tudo piorar? Custa ajudar? Sua mão não irá cair, isso eu prometo. Só não quero ficar sozinha. Isso dói e me destrói mais ainda, sozinha eu fico vulnerável a mim mesma. Palavras amigas, abraços verdadeiros, pessoas que se importam, vivo me perguntando se ainda existem, mesmo perdida dentro de mim mesma, nunca neguei ajuda á alguém, pelo contrário, é vulnerável que eu consigo ajudar. E porque motivo as pessoas não conseguem fazer o mesmo que eu? Eu só preciso de paciência, conselhos e um bom café.”
By: Paula, Renata, Samara and Ana Carolina written in imperfeita-s

“Eu to bem, talvez não como antes, mas estou bem. Rio todos os dias, sorrio todos os dias, saio nos finais de semanas, não penso em você até ai. Mas ai chega a noite, bate a saudade, lembro de tudo, mas eu sei que isso é normal, pois eu amei sozinha e a saudade ficou só comigo… Você se foi, e deixou todo esse amor pra mim. Mas vou superar aos poucos, talvez não amanhã, talvez não semana que vem, mas quem sabe, ano que vem hein? É, talvez. Você ainda continua aqui comigo no meu coração, tuas lembranças ainda são frescas na minha memória, mas isso não pode continuar. Tu se foi e eu continuo aqui, sofrendo e remoendo coisas que eu sei que não irão voltar, então.. achei o primeiro lixo que encontrei pela frente e despejei tudo que continha você na esperança de não sofrer tanto por esse amor, foi umas das coisas mais difíceis que já fiz, jogar esse amor fora, doeu, e ainda está doendo, mas fiz o certo pra mim, pro meu coração sofredor, você não entende não é? Eu sei, os homens tem essa mania de desapegar fácil, ou fingem muito bem, mas eu não, não consigo fingir que está tudo bem, sendo que estou sofrendo, estou completamente destruída por dentro, sem você, um pedaço enorme de mim se foi, e agora? O que eu faço pra consertar? Quem poderá substituir algo insubstituível que é você, tua voz, teus olhos, tuas mãos, teu beijo? Onde encontrarei tudo isso de novo? Não sei se existe alguém tão perfeito como você era pra mim. Mas preciso de uma recomeço, não só por você mas muito mais por mim. Não posso viver minha vida as escondidas chorando por causa de um amor que não me merece. Essa é a verdade, você nunca me mereceu e nunca irá me merecer. Sou boa demais para ti e você é apenas mais um babaca que mutilou meu coração em pedaços. Não é fácil reconstruir algo tão frágil como esse órgão, mas eu lutarei. Lutarei pela esperança de um dia encontrar aquele que vai realmente me amar mesmo eu sendo fresca para comer, que vai amar os meus pequenos “doces” e que vai amar meus 10 sorrisos. Você foi completamente único para mim, pena que já não posso falar o mesmo em relação á você a mim. Irei te superar, um dia eu irei olhar profundamente em seus olhos e não sentirei mais esse frio na barriga que ainda me dá arrepios loucos por você.”
— Escrito por Beatriz, Letícia F., Letícia B., e Marcela em Julieta-s.

theme